Integrante do Núcleo DF divulga resultados da primeiro reunião em 2010

O Núcleo do Cebes (DF) realizou sua primeira reunião de 2010 no último dia 08 de fevereiro. Durante o encontro, vários assuntos foram levantados e terão desdobramentos que podem contar com a participação de outros associados. Para os membros do grupo que não puderam comparecer, Hugo Fernandes aponta os destaques.

1 – A integrante Fabíola sugeriu a formação de um Grupo de Trabalho para acompanhar, sistematizar, registrar e analisar as repercussões da crise do DF na saúde e já conseguiu a adesão do Romero, da Corina (que ainda não é associada ao CEBES), do Dr. André Moura, Defensor Público que foi tirado de seu cargo em consequência de sua atuação em defesa das pessoas que precisam e não obtém atenção no SUS – DF, e ainda tenta contato com o Dr. Bisol, da Promotoria de Defesa da Saúde. A primeira reunião está marcada para o dia 22/2, na sala de reuniões da Consultoria do Senado, às 15h. Os que desejarem fazer parte do grupo podem entrar em contato com a Fabíola pelos telefones: 9648-7305 e 3223-2229.

2 – O Eduardo, da FIOCRUZ, sugeriu e encarregou-se de apresentar uma primeira proposta de realização de um curso de saúde para jornalistas. A ideia é tentar oferecer algumas noções de saúde pública, SUS etc. a esses profissionais que, em sua maioria, ignoram o tema. Quem quiser colaborar o e-mail do Eduardo é koatz@fiocruz.br.

3 – Decidimos fixar as segundas segundas-feiras de cada mês como dia de reunião de nosso núcleo. A próxima no dia 8/3 e, oportunamente, mandarei uma confirmação.

4 – Discutimos e decidimos que é necessário encaminharmos imediatamente uma discussão para elaboração de uma agenda mínima para o CEBES com vistas ao processo eleitoral desse ano. O Roberto propôs que essas discussões se fizessem com a incorporação de outros segmentos, pessoas e entidades para que se tornasse mais rica e mais bem divulgada e deverá ser objeto da reunião de planejamento da diretoria a se realizar nos dias 26 e 27 de fevereiro.

5 – Eu fiquei encarregado de contatar o Murad (FEPECS) e o Márcio (UnB) para estudarmos formas de aproximação com os estudantes e professores dos cursos de graduação em saúde dessas instituições. Caso alguém tenha algum contato com docente da Católica, também seria interessante divulgarmos o CEBES no local.

6 – Volnei levantou, ainda, uma questão que deve ter sido debatida na terça, dia 9/2 no Conselho Nacional de Saúde referente à realização de cursos sobre ética em pesquisas promovidos por instituições americanas com o claro fito de “fazer a cabeça” de pesquisadores e membros de comitês de ética, para a posição dos países centrais — mormente EUA — em relação às diretrizes internacionais principalmente no que concerne à utilização de placebo.

Por fim, gostaria de incentivar aos colegas para que participem das próximas reuniões e se juntem às iniciativas que começam a florescer me nosso grupo.



Deixe uma resposta


Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.