Alexandre Padilha é o novo presidente do CNS

Alexandre Padilha é o novo presidente do CNS

Como já era esperado, o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, foi eleito presidente do Conselho Nacional da Saúde (CNS) por aclamação, na tarde do dia 16, durante a 218ª Reunião Ordinária do Conselho, em Brasília. A sinalização de que a representante do segmento dos usuários, Jurema Werneck, não apresentasse candidatura, se confirmou, deixando Padilha sem concorrente.

Em discurso logo após o anúncio oficial do novo presidente do CNS, Jurema Werneck disse que “não desistiu da candidatura, mas fez um pacto com os gestores, com cada entidade de usuários. Fez a opção por fortalecer o CNS”. Na mesma linha de raciocínio, seguiram outras pessoas que discursaram a respeito das eleições, indicando que a opção por uma única candidatura não representa, nesse momento, uma ausência de diferentes pontos de vistas sobre como deve ser conduzido o Conselho, mas “uma aliança pelo SUS”.

Após, a nomeação de Alexandre Padilha, os debates continuaram para a escolha secreta dos nomes que irão compor a mesa diretora.

O resultado não contrasta com as notícias que surgiram nos últimos dias em torno da escolha da presidência e mesa diretora do CNS.

Veja nota publicada pelo Cebes.



Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.