Conselho Nacional de Saúde realiza reunião ampliada em Brasília

Conselho Nacional de Saúde realiza reunião ampliada em Brasília

Por Lídia Maia, do Conselho Nacional de Saúde.

 

Cerca de 200 pessoas, entre Conselheiros nacionais, estaduais, municipais, coordenadores de plenárias e gestores, estão reunidas no Centro de Convenções Israel Pinheiro, em Brasília, para a 264ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Saúde (CNS), que acontece entre 10 e 11 de dezembro. A reunião tem como objetivo analisar os cenários políticos que se apresentam para 2015 e o papel do controle social frente aos desafios; construir e pactuar compromissos com o Plano de Ação para a realização da 15ª Conferência Nacional de Saúde, além de apreciar e deliberar sobre abertura de cursos na área da saúde.

As atividades começaram com a apresentação da presidenta do CNS, Maria do Socorro de Souza, que falou sobre as propostas de mobilização para a 15ª Conferência Nacional de Saúde, que tem como tema “Saúde pública e de qualidade para cuidar bem das pessoas: um direito do povo brasileiro”.

Segundo Maria do Socorro, a 15ª Conferência visa mobilizar e estabelecer diálogos com a sociedade brasileira acerca do direito à saúde e em defesa do SUS, incluindo novos sujeitos e fortalecendo a participação dos que já atuam nas esferas públicas da saúde; aprofundar o debate sobre as reformas necessárias à democratização do Estado e da sociedade brasileira, em especial as que incidem sobre o setor e a política de saúde; construir e deliberar, de forma participativa, as bases do Plano Plurianual (PPA) e dos Planos de Saúde (PNS, PES e PMS); e por último, fortalecer o papel do Controle Social na Saúde enquanto mecanismo da democracia participativa.

Vários participantes da reunião deram suas contribuições e explanaram sobre o cenário de cada região e falaram sobre a mobilização das etapas municipais e estaduais.

Na parte da tarde, os integrantes do evento foram divididos em três grupos de trabalho. O primeiro discutiu Plenárias (Regionais e Nacional): temas, organização e formato, caráter político, local e data, mobilização para o dia 7 de abril, diretrizes para o PPA e Plano Nacional de Saúde (PNS). O segundo debateu de Mobilização e Comunicação. E o último tratou da Participação: critérios e papéis de delegados e convidados, inovação, grupos de trabalho, ampliação da base social de representação.

Hoje, os grupos apresentam as considerações finais.

 

Fonte: Conselho Nacional de Saúde



Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.