Tragédia na saúde e educação: travessia para o abismo

Tragédia na saúde e educação: travessia para o abismo

Ligia Giovanela

 

Meirelles e Temer decretam o fim da perspectiva do SUS universal e da educação pública de qualidade!

A proposta de definição de teto de gastos públicos na constituição, tendo por base os gastos de 2016 (ano de profunda recessão e gastos sociais baixíssimos) e reajuste conforme a inflação durante 20 anos ELIMINA a possibilidade do SUS concretizar os seus princípios! Faz retroceder todos os avanços no SUS alcançados a duras penas desde a constituição de 1988. ELIMINA qualquer possibilidade de avanço! A travessia social para o abismo está em curso.

O problema atual está em uma redução brutal de receitas por conta da crise econômica e não por excesso de gastos sociais: O SUS É SUBFINANCIADO! NÃO HÁ EXCESSO DE GASTOS NO SUS. Os gastos públicos em saúde no Brasil são baixos, menores do que no Chile, Argentina ou Uruguai!

NÃO À constitucionalização de limite de gastos públicos. Isto significa que em momento de recuperação da econômica não se poderá melhorar a atenção à saúde ou a educação! CONGELA A MISÉRIA!

O único objetivo é garantir a continuidade de pagamento de elevados juros para o 0,1% da população, que vive de lucros, rendimentos e dividendos! Nenhuma palavra para a redução dos juros que consomem quase metade das receitas fiscais ao ano: cinco vezes mais do que os gastos com saúde ou educação.

Observem bem todos os cortes propostos direcionam-se a reduzir programas sociais para as parcelas mais carentes da população. Nada sobre taxação de lucros e dividendos, grande fortunas ou aumento das alíquotas superiores do imposto de renda para a elite dar sua contribuição, sua parcela de sacrifício para enfrentarmos esta importante crise que passamos.

SIGNIFICA A SUBORDINACAO PLENA DAS POLÍTICAS SOCIAIS AOS INTERESSES DO CAPITAL FINANCEIRO!

Vamos dizer não à constitucionalização de teto de despesa públicas com saúde e educação!

 

Foto: Lula Marques



Comentários

  1. Temos que fazer uma reforma ampla, investir em saúde e educação, estas são as bases de um democracia plena, que esta sendo apresentado so vai gerar mais miséria, violência, insegurança , temos que mudar muitas coisas a começar pelos salários de deputados, senadores, juízes, etc…. o salario desta gente não representa o povo Brasileiro

Deixe uma resposta


Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.