Políticas e riscos sociais no Brasil e na Europa

Políticas e riscos sociais no Brasil e na Europa

Esta é a 2a edição, revista e ampliada, do livro que resulta de parceria do Centro Brasileiros de Estudos de Saúde (CEBES) com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na realização do Seminário Internacional “Tendências recentes de Welfare State” em 2015 e, agora, na publicação deste livro, com o objetivo de discutir a estratégia europeia de políticas sociais universalistas e a estratégia brasileira de políticas sociais.

 

Pretendemos interferir no debate que se trava atualmente no Brasil sobre as políticas sociais, sua natureza e modelos, procurando trazer à tona os novos riscos sociais – como o envelhecimento crescente das populações, pobreza e a necessidade de apoio para famílias pobres chefiadas por mulheres – e discutir os desafios em termos da sustentabilidade das políticas sociais e tendências atuais do Welfare State no mundo e no Brasil.

 

Como o debate acadêmico tem grande influência sobre a formulação das políticas públicas, pretendemos contribuir para o aprofundamento e a qualificação da produção acadêmica no tema.

 

Desde a Constituição Federal de 1988, o Brasil vem implantando políticas de bem-estar social de caráter universal, que empregam milhões de profissionais, cuja formação carece de literatura especializada. Entretanto, há uma enorme carência de literatura no Brasil sobre o tema do Estado do Bem-Estar social.

 

O mainstream da literatura sobre o tema vem sendo cada vez mais difundido no meio acadêmico que forma os milhões de profissionais das políticas sociais brasileiras, embora não haja traduções. Há milhares de professores nas instituições de ensino e pesquisa tratando do tema, que constituem provavelmente o público principal dessa literatura. Por este motivo este livro estará disponível em versão impressa e em e-book, sendo a modalidade digital em português e em inglês.

 

Boa leitura!
Os organizadores

 

Baixe o livro aqui



Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.