Cebes apoia Dia Nacional de Lutas e Paralisações contra a Reforma da Previdência

Cebes apoia Dia Nacional de Lutas e Paralisações contra a Reforma da Previdência

No dia 20 de Fevereiro, Bolsonaro entregou ao Congresso Nacional o projeto de reforma da previdência elaborado pela equipe econômica do seu governo. O projeto como já se especulava é ainda mais prejudicial ao povo brasileiro que a proposta encampada por Temer.

Nele está previsto o aumento da idade mínima para aposentadoria, regras de transição ainda mais rígidas, fim da aposentadoria rural, desvinculação da aposentadoria ao salário mínimo, adoção do regime de capitalização, entre outras medidas que vão dificultar o acesso à previdência social, bem como diminuir os benefícios aos que conseguirem acessá-la.

Diante desta proposta, no dia 7 de Março, em reunião com representantes das Centrais Sindicais e das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo definiu-se a convocação de um *Dia nacional de Lutas e Paralisações contra a Reforma da Previdência*. A proposta é que no dia 22 de Março, demarque o início dessa jornada de lutas para derrotar o projeto de Bolsonaro.

Deste modo, elaboramos as seguintes orientações para os estados se organizarem nesse processo de mobilização contra o fim da aposentadoria.

Orientações para os Estados:

  • A proposta é que seja um dia nacional de mobilização, portanto todas as capitais e principais cidades devem construir atos nesta data.
  • Além da realização das manifestações, é importante que os movimentos populares apoiem as paralisações e trancaços onde houver.
  • O coletivo da Frente Brasil Popular nos estados deve dialogar com as Centrais e com a Frente Povo sem Medo para construir o dia 22/03 de forma unitária.
  • Assim que for definido o horário e o local da manifestação no dia 22/03 deverá ser informada à central de mídia da FBP (assessoria.fbp@gmail.com), bem como os registros fotográficos devem ser enviado para o mesmo endereço. Mais infomações sobre a comunicação entrar em contato com Ana Marx (11 99690 3298) e Emily (11 969023482)
  • É importante que os coletivos estaduais organizem um calendário de formações com a militância para aprofundar a compreensão sobre os termos desta proposta de reforma da previdência. O DIEESE esta se organizando nacionalmente para contribuir neste processo, atendendo a demanda das organizações populares.

 

Em defesa da Democracia!

Lula Livre!

Nenhum direito à menos!

Secretaria Operativa Nacional



Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.