Cebes em Audiência Pública da Comissão de Saúde da Alepe (18/12)

Cebes em Audiência Pública da Comissão de Saúde da Alepe (18/12)

O cebiano e sanitarista Wellington Bruno Araujo Duarte participou nessa quarta (18/12) da Audiência Pública da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe).

Seguem também alguns trechos da fala dele:

Perguntamos ao Ministério: ‘Mas pq está sendo mudado o financiamento?’ Não estamos falando de equidade, mas de seletividade. A gente está falando de um modelo que para de induzir os municípios a criarem suas equipes NASF, voltando-se para um modelo biomédico, centralizado no médico. A gente volta a ter um modelo que considera financiamento para equipe de Atenção Primária que não é resolutiva, formada apenas por um médico e uma enfermeira. Nem técnico, na ACS“.

Esse modelo extingue o PMAQ que era um incentivo que contribuía mensalmente com os municípios“.

É a inversão da lógica. O Ministério diz que não quer modelo interdisciplinar, mas um modelo médico centrado, individualista, focado na doença. Por que tem que incentivar programas que só privilegiam uma pequena parte dos municípios como Saúde na Hora, que só se implanta em unidades que tem 3 equipes da saúde da família e na maioria se concentra no Sul e Sudeste?

A justificativa que dão é a baixa eficiência. Dizem que é a baixa a eficiência de 63% da APS. Acho isso altíssima tendo em vista o baixo financiamento, as condições de trabalho das equipes. Valorizar o trabalhador é dar estrutura pra ele fazer o que ele estudou pra fazer“.

Foram feitos os seguintes encaminhamentos:

  • Articulação com o consórcio dos governadores do Nordeste;
  • Criação de um comitê de saúde em defesa do SUS;
  • Dia de mobilização em defesa do SUS;
  • Rodas de conversa nas comunidades;
  • Apoio e reforço ao PDL 701/19 pela revogação da portaria 2979/19;
  • Capilaridade de audiências nas 12 Regiões de desenvolvimento do estado;
  • Criação de uma mídia social com hashtags em apoio ao SUS;
  • Discussão nas Regiões de Desenvolvimento sobre o financiamento estadual da AB.

Você pode conferir a participação dele no vídeo abaixo. É só clicar no play:



Deixe uma resposta


Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.