ComunicaSUS e a Consciência Sanitária no enfrentamento à pandemia de covid-19

ComunicaSUS e a Consciência Sanitária no enfrentamento à pandemia de covid-19

Toda a população tem responsabilidade no controle de doenças contagiosas junto com o Sistema de Saúde. Se as pessoas não se cuidam, além de se infectarem, podem infectar outras pessoas“, diz a personagem SUSete na radionovela mais recente lançada do projeto ComunicaSUS. O tema da peça é Consciência Sanitária.

SUSete é uma agente comunitária de saúde nas radionovelas do projeto. Fazendo uso de linguagem popular, ela alerta que a pandemia de coronavírus não acabou e que todos são responsáveis por manter o controle da covid-19. Dessa forma, se for sair de casa, use máscara, lave sempre as mãos, evite aglomerações e, sempre que possível, fique em casa. Essas são algumas das recomendações das autoridades sanitárias para o enfrentamento ao vírus SARS-Cov-2. Consciência Sanitária visa proteger a vida.

O ComunicaSUS é um projeto de comunicação popular voltado para a comunicação sobre o direito à saúde. Ele é uma realização do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (CEBES), com produção da Criar Brasil e apoio da organização Médico Internacional.

Ouça a radionovela sobre Consciência Sanitária na plataforma Soundcloud:

E ouça também no Youtube:

A radionovela também alerta sobre o risco de perda de financiamento para o Ministério da Saúde em 2021. Assine a petição do Conselho Nacional de Saúde e faça pressão para que a Pasta não perca verba no ano que vem. O coronavírus não acaba com a virada do ano e há uma demanda reprimida por serviços de saúde, que ficaram suspensos por conta da pandemia.

Veja no link abaixo o post sobre a campanha:

Cebes também apoia a campanha pela manutenção do valor de R$ 600, e não R$ 300, para a extensão do auxílio emergencial. Leia mais sobre a campanha abaixo:

ComunicaSUS

A edição 2020 do ComunicaSUS começou a ir ao ar em fevereiro com três radionovelas e um samba. O projeto criou peças gráficas para com orientações de segurança contra o coronavírus (veja as peças de SUSete, Norma, Angela, Andrade e Teca).

A radionovela anterior abordou a questão da Vacinação e as fake news. Recentemente, elaborou e divulgou cards para orientar sobre distanciamento social nesses tempos na qual Estados e municípios reabrem as atividades econômicas não essenciais. Fez peças em apoio à petição do Conselho Nacional de Saúde para evitar a perda de financiamento para o Ministério da Saúde em 2021 e também à manutenção do valor de R$ 600 para o auxílio emergencial, que auxilia algumas pessoas a ficarem em casa, respeitando o isolamento social – medida recomendada por autoridades sanitárias para mitigar os efeitos do coronavírus.

Ano passado, foram lançadas 10 radionovelas curtas que abordavam temas como perda de direitos sociais e quando violência se torna uma questão de saúde pública, dentre outros assuntos. Em 2020 serão 28 peças, sendo 6 radionovelas, 4 edições de podcasts, 4 programas jornalísticos, 6 spots curtos 2 videografismos e 4 peças gráficas.



Deixe um comentário


Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.