Linha do tempo 1978

1978

A secretaria executiva da entidade é sediada na Rua Caetés, 84, em Perdizes, São Paulo.

Com encontro realizado no Instituto Abel, foi formado o Núcleo do Cebes em Niterói.

Uma das  publicações do ano tem como tema “Mensagem aos tropicalistas brasileiros”.

No dia 31 de março, o Cebes, em co-edição com a Hucitec, relançou  os “Ensaios Médicos Sociais, de Samuel Pessoa, ocasião em que representantes  de diversas entidades  e amigos do ex-professor titular da Faculdade de Medicina  da Universidade de São Paulo se fizeram presentes para homenagear sua esposa, dona Jovina Pessoa. A solenidade, ocorrida no  Auditório  da Faculdade de Medicina , foi representada na ocasião  pelo prof.  Guilherme Rodrigues da Silva e Carlos da Silva Lacaz.  A homenagem do Cebes foi feita através da fala do seu presidente nacional, José Ruben Ferreira de Alcântara Bonfim.

O Cebes recebe o Professor Giovanni Berlinguer para o lançamento de seu livro, “Medicina e Política”, editado pela entidade. Também comparecem Mário dal Poz, José Gomes Temporão, Ary Miranda, Sonia Fleury e Eric Rosas.

Um grupo de estudantes da Faculdade da Escola de Enfermagem da Ana Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro foi reprovado na disciplina Saúde da Comunidade por terem apresentado um trabalho baseado em estudos realizados pelos médicos sanitaristas Eric Jenner Rosas, Eneida Gaspar Duarte, Célia Regina Moreira , representantes do Cebes Rio, Associação Médica do Rio de Janeiro e  Associação Nacional dos Médicos Residentes, apresentado em outubro de 1977, durante a Primeira Semana de Debates sobre o Rio de Janeiro, noticiado no SD 6.  Como conseqüência dessa reprovação, em abril de 1978, um abaixo assinado com 172 assinaturas foi encaminhado à diretora da Ana Nery, com cópia para a reitoria da UFRJ, Decania da UFRJ, AMERJ, ANMR, Sindicato dos Médicos do Rio e à imprensa, que deu ampla divulgação ao fato no Rio de Janeiro e São Paulo.

O Núcleo do Cebes em Porto Alegre divulgou nota, no mês de maio, deliberou sobre a questão do desastre ecológico de Hermenegildo e das discussões  geradas a respeito.

O Núcleo Regional do Cebes da Bahia  fez o lançamento  do livro de  Samuel Pessoa, Ensaios Médicos Sociais, no dia 5 de maio de 1978, no Anfiteatro do Hospital Professor Edgard Santos, com a participação do Dr. Zilton Andrade, professor titular do Departamento de Patologia da UFBA e colaborador da Saúde em Debate, que proferiu palestra sobre Samuel Pessoa – ciência para o povo. O Lançamento contou  também com a presença  do sanitarista Carlos Gentille de Melo, que falou sobre saúde e desenvolvimento social. Saúde  em Debate publica o texto da palestra de Dr. Zilton na ocasião.

Com um encontro realizado no Instituto Abel,  foi formado o Núcleo do Cebes em Niterói, com a presença de representantes da Diretoria Nacional e do Núcleo do Rio. Na ocasião, foram recolocados os objetivos do Cebes, seu estatuto e os mecanismos  para a formação dos núcleos regionais, além do papel dos mesmos. Também foram relembrados algumas atividades já desenvolvidas pelo Cebes, os grupos  permanentes de estudo; o Movimento Justiça e Libertação, a I Semana de Debates no Rio, ABEM-76, IV SESAC, IX ECEM, I Congresso Paulista de Saúde Pública e IX Congresso Brasileiro de Higiene.

_____________________________________________________________________

Vídeo sobre a Memória do Cebes