Linha do tempo 2013

2013

Pensando em seus leitores e no estímulo de sujeitos instituintes na defesa da saúde como direito social, o Cebes lança seu novo site, no dia das mulheres, 8 de março de 2013. A ideia surgiu da necessidade de tornar a Comunicação da entidade mais independente e da necessidade de oferecer maior flexibilidade, harmonia e fluidez ao site.

_____________________________________________________________________

MATÉRIAS RELEVANTES DO ANO:
DOCUMENTOS POLÍTICOS, TÉCNICO-CIENTÍFICOS E NOTÍCIAS.

 

Janeiro

Direito à saúde: 25 anos. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 37, n. 96, jan./mar. 2013.

_____________________________________________________________________

Março

Padilha diz que o Governo não dará subsídios aos planos privados e conselheiros pedem ações concretas pelo SUS.

_____________________________________________________________________

Junho

O SUS precisa de Mais Médicos e de Muito Mais! Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 37, n. 97, jun. 2013.

_____________________________________________________________________

Julho

Saúde para grupos LGBT exige a radicalização democrática. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 37, n. 98, jul./set. 2013.

Saiba o que foi discutido na 246ª Reunião do CNS.

Cebes na 247ª RO do CNS.

Pela sanção do projeto de lei que dispõe sobre o atendimento de pessoas em situação de violência sexual.

Declaração da Sociedade Civil em apoio à Reforma da Lei de Patentes brasileira para aumentar o acesso a medicamentos para todos.

Heleno Corrêa: comentários à Medida Provisória 621/2013.

_____________________________________________________________________

Agosto

A falta de médicos é o principal problema do SUS?

_____________________________________________________________________

Setembro

Marco regulatório das Organizações da Sociedade Civil e o controle da corrupção: o que está por trás do descaso do governo?

Saúde +10 foi destaque na 249ª Reunião Ordinária no CNS.

Por que legalizar o aborto?

O SUS e a social democracia brasileira.

_____________________________________________________________________

Outubro

Editorial. Divulgação em Saúde para Debate, Rio de Janeiro, n. 49, out. 2013.

Afirmación de los sistemas universales de salud en Latinoamerica.

Universalidade, igualdade e integralidade da saúde: um projeto possível.

Um novo site pela unidade do Cebes no Brasil.

Cebes convida para a audiência da Câmara sobre desonerações.

Nota de repúdio às ações da Polícia Militar do RJ por um Estado democrático.

Cebes celebra inclusão da Revista Saúde em Debate na base SciElo Brasil.

“Granitos e hotelaria no hospital não significam boa assistência médica”.

_____________________________________________________________________

Novembro

Editorial. Divulgação em Saúde para Debate, Rio de Janeiro, n. 50, nov. 2013.

Relatório de gestão do Cebes – 2011/2013.

Tem início o III Simpósio Política e Saúde.

Relatório/Síntese do III Simpósio Política e Saúde do Cebes

Diretoria do Cebes assume com o compromisso de dialogar com outros setores da sociedade.

Saúde + 10: é do povo é da Nação, não é de governo nem da oposição!

A Saúde que queremos é possível, mas não sem luta.

A saúde coletiva e o marco civil da Internet.

Comissão da Verdade da Reforma Sanitária é lançada no VI CBCSHS.

Por respeito ao Movimento Saúde+10: a luta pelo financiamento adequado do SUS continua!

SOPHIA, Daniela Carvalho. A revista Saúde em Debate como fonte e objeto de estudo.Hist. cienc. saude-Manguinhos,  Rio de Janeiro ,  v. 20, supl. 1, nov.  2013.

_____________________________________________________________________

Dezembro

Cebes Bahia: carta aberta à população, aos movimentos sociais e aos delegados eleitos para XII Conferência Municipal de Saúde de Salvador.

Carta de repúdio à 1ª Jornada de Ações Práticas de Saúde Mental em Álcool e Drogas da SMS de Ribeirão Preto.

Congresso Nacional ignora que o povo precisa de saúde!

É o povo que pode mudar a saúde.

SUS é espelho da desigualdade social brasileira, diz especialista.

O eterno guru da Reforma Sanitária.

SUS: Entre a hegemonia e a americanização.

“Sem mais recursos, medidas terão impacto limitado.”

Onde foi parar o sonho do SUS?

O Brasil e a sua política econômica Anti-cidadã.

Contra o subemprego para um “Sub SUS”.

A saúde pública de todos nós.

Para tirar o SUS da UTI.

_____________________________________________________________________

Vídeo sobre a Memória do Cebes