Para Lúcia Souto, ‘caso Prevent Senior’ mostra que saúde não pode ser tratada como mercadoria

A presidenta do CEBES Lúcia Souto, médica sanitarista e pesquisadora do departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural da