Conselho Deliberativo da Fiocruz aprova mudança e Centro de Estudos Estratégicos passa a se chamar Centro de Estudos Estratégicos Antonio Ivo de Carvalho

Conselho Deliberativo da Fiocruz aprova mudança e Centro de Estudos Estratégicos passa a se chamar Centro de Estudos Estratégicos Antonio Ivo de Carvalho

texto originalmente publicado no site do CEE

Em reunião ordinária, realizada nessa quinta-feira (22) o Conselho Deliberativo da Fiocruz aprovou por unanimidade a alteração do nome do Centro de Estudos Estratégicos (CEE), em homenagem ao seu fundador, o sanitarista Antonio Ivo de Carvalho (1950-2021) . O Centro passará a se chamar, assim, Centro de Estudos Estratégicos Antonio Ivo de Carvalho.

A proposta de mudança, apresentada ao CD pelo atual coordenador do CEE, Carlos Gadelha, considera que (…) “em seu momento de transformação, o CEE procura fazer jus à ousadia e ao legado de Antonio Ivo, se fortalecendo para pensar, refletir e debater o futuro do desenvolvimento, da saúde, da ciência e da democracia como norte para pensar e ousar na Fiocruz do futuro”.

Proposta de Alteração de Designação do CEE-Fiocruz

Cenários complexos são os que mais demandam o espírito combativo e a resistência de pessoas pautadas por ética, ousadia, pensamento crítico e capacidade de ação. O Brasil já enfrentou diversos desses momentos, com o privilégio – que agora já não temos mais – de contar com a inestimável contribuição do médico e sanitarista Antonio Ivo de Carvalho.

O reconhecimento pelos feitos de Antonio Ivo, ao longo de seus quase cinquenta anos de vida profissional dedicados à saúde pública e ao SUS, que ajudou a construir, salta dos depoimentos que circularam para homenageá-lo, por ocasião de sua morte, em 10/06/2021. Vindos de pessoas e instituições dos mais variados perfis, esses depoimentos destacam sua caminhada pelo lado virtuoso da História, sua coerência, espírito inventivo, pensamento crítico, solidariedade, argúcia e obstinação. Fica evidente sua enorme capacidade de articulação e cooperação, em aspectos tão relevantes quanto o engajamento na defesa dos direitos sociais, no campo da saúde e da administração pública, a militância estudantil e a luta contra a ditadura, a participação nos movimentos sociais de bairro, seu papel na gestão do SUS no Rio de Janeiro, a contribuição à pesquisa em saúde pública, bem como o investimento na educação em saúde na Fiocruz, a luta pela democracia, pela Reforma Sanitária e pelo desenvolvimento do nosso Sistema Único de Saúde.

Destacamos a busca permanente de Antonio Ivo pelo espaço de diálogo com a sociedade, para pensar prospectivamente o SUS e a relação entre saúde e desenvolvimento, propondo, com ousadia e generosidade, a discussão e formulação de políticas públicas de saúde justas, sustentáveis e soberanas.

Por meio da inovação e da e ampliação do diálogo da Fiocruz com a sociedade, imaginou o Centro de Estudos Estratégicos nos moldes de um think tank. Continuou participando, no contexto recente, para o fortalecimento dessa perspectiva, numa busca incessante de superação dialética na qual o antigo se transforma para gerar o novo sem deixar de incorporar um vasto legado histórico.

Assista à defesa da incorporação do CEE ao Estatuto da Fiocruz, por Antonio Ivo de Carvalho, em 2015.

Veja algumas homenagens a Antonio Ivo:



Deixe um comentário


Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.