Linha do tempo 2008

2008

A presidenta do Cebes, Sonia Fleury, dá início ao “Projeto de Pesquisa Memória e História do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde”, que conta com o apoio da Fiocruz. O conteúdo advindo da gravação de uma série de entrevistas feitas com José Ruben de Alcântara Bonfim, Paulo Amarante, Volnei Garrafa, Sarah Escorel,  José Gomes Temporão, entre outros, será disponibilizado pelo portal da entidade.

“Hoje, dia 19 de agosto de 2008, às 10 horas da manhã, no prédio da Ensp, sito a Avenida Brasil, na sala do Vídeo Saúde, com a presença da atual Presidente do Cebes Sonia Fleury e do Editor da revista Saúde em Debate Paulo Amarante, concretizou-se a gravação da primeira de uma série de entrevista com os presidentes e outros diretores cebianos. Esta é uma atividade do Projeto de Pesquisa Memória e História do Cebes, financiado pela Fiocruz, e visa apreender a memória e história de 30 anos de existência do Cebes e tornar público seu acervo histórico. A equipe do Projeto Memória entrevistou José Rubens, médico sanitarista, fundador e primeiro presidente do Cebes. Ele relatou sua história de vida e sua relação política e social com outros fundadores David Capistrano Filho e mais de 40% dos discentes do I Curso de Especialização em Saúde Pública.  Segundo José Rubens, a ideia e o surgimento da revista Saúde em Debate e a criação do Cebes para ser instituto jurídico da mesma se manteve pela instituição de cotas, contribuições do grupo de especialistas em saúde pública e outros atores. Também falou sobre os lançamentos do livro de Carlos Gentille e Samuel Pessoa.  Para tentar resumir este momento único e singular de encontro da Fundação com a Refundação do Cebes, nas pessoas de seu primeiro presidente e atual presidente, transcreve-se a seguinte frase  dita por José Rubens ao trazer a cena suas lembranças sobre a relação política na instituição: ‘ …nunca houve repressão nos documentos produzidos pelo Cebes. Nascemos sob o signo da democracia, ajudamos na consolidação da democracia, mas precisamos aprofundar a democracia, este é o maior legado’.” ( José Rubens, 19/08/2008). Por Vânia Dutra.

No mesmo ano, foi escrito por Daniela Sophia, também com base em entrevista com o primeiro presidente, texto sobre o surgimento do Cebes.

_____________________________________________________________________

Fotos

 

_____________________________________________________________________

MATÉRIAS RELEVANTES DO ANO:
DOCUMENTOS POLÍTICOS, TÉCNICO-CIENTÍFICOS E NOTÍCIAS.

 

Janeiro

Manifesto em defesa dos Direitos Sociais básicos sob ameaça na Reforma Sanitária

Editorial. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 32, n. 78/79/80, jan./dez. 2008.

_____________________________________________________________________

Abril

Editorial. Divulgação em Saúde para Debate, Rio de Janeiro, n. 41, abr. 2008.

Editorial. Divulgação em Saúde para Debate, Rio de Janeiro, n. 42, abr. 2008.

_____________________________________________________________________

Maio

Conclamação a favor da aprovação da regulamentação da EC n. 29.

_____________________________________________________________________

Junho

Participação e saúde. Divulgação em Saúde para Debate, Rio de Janeiro, n. 43, jun. 2008.

_____________________________________________________________________

Setembro

Carta do Rio de Janeiro: em defesa da seguridade social.

_____________________________________________________________________

Novembro

Vinte anos do SUS: celebrar o conquistado, repudiar o inaceitável! Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 33, n. 81, jan/abr. 2009.

_____________________________________________________________________

Vídeo sobre a Memória do Cebes